Estado de Alagoas

Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

» Página Inicial Veículos do IZP Rádio Educativa FM

Radio Educativa FM

banner-topo-educativa

Novas vinhetas e acervo musical

Além de uma programação variada, a Educativa FM buscou, nos últimos anos, a atualização do seu acervo musical, com a aquisição de novos CDs, favorecendo a produção e diversificando os conteúdos que são oferecidos aos ouvintes. Outra iniciativa foi a mudança de todas as vinhetas, o que tornou marcante a identificação da emissora e dos programas pelo público.

Ações do documento

Transmissões e programas sazonais na grade da emissora

 Além da grade de programação oferecida ao público diariamente, durante 24 horas, a Educativa FM passou a investir na transmissão de eventos culturais de grande porte, como o Festival de Inverno de Garanhuns, o São João de Maceió e as Prévias Carnavalescas Jaraguá Folia e Pinto da Madrugada. Também esteve em Exu, no interior de Pernambuco, nas comemorações do Centenário de Luiz Gonzaga. Fez ainda a transmissão da 1ª edição do Festival Maceió Verão, em 2014. Também passou a contar com programas sazonais, que vão ao ar em épocas especificas do ano, como parte dos projetos IZP na Folia, IZP no Mês da Consciência Negra, IZP no São João de Alagoas e IZP na Bienal. O objetivo é apoiar e dar visibilidade às manifestações culturais que acontecem no Estado.

Ações do documento

Novidades na programação

A grade de programação da Rádio Educativa FM passou por mudanças nos últimos anos, com a estreia de novos conteúdos e o retorno de alguns programas.

 Desde 2011, o Educativa em Revista deixa o alagoano melhor informado sobre os assuntos do cotidiano, que são tratados com um olhar multidisciplinar, situando os ouvintes e facilitando a reflexão sobre os temas discutidos. Outro diferencial são os quadros fixos sobre economia, comportamento, política, direito, educação fiscal e cultura, que vão ao ar ao longo da semana.

 O programa Nordestinidade estreou na programação da emissora inicialmente nos finais de semana, passando depois a ser diário, pelo interesse suscitado. A atração, no início da manhã, resgata e mantém viva a autêntica música regional.

 O Memória Educativa tem audiência cativa e abrangente nos finais de tarde, com repertório trazendo os melhores hits dos anos 60, 70 e 80, que marcaram gerações.

 Logo no início da tarde, o Educativa Classe A passou a fazer parte da programação diária da emissora, oferecendo o melhor da MPB em gêneros como Samba, Bossa Nova, MPB e pinceladas de música instrumental.

 Pensando nos aficionados pela sétima arte, o programa Poltrona 1 oferece o melhor das trilhas sonoras do cinema. O ouvinte pode conferir as canções e efeitos sonoros de filmes todas as sextas-feiras à noite.

 Nos finais de semana, a Educativa FM trouxe novas atrações com as estreias dos programas A Era de Ouro do Rádio, que vai ao ar no início das manhãs de sábado e domingo, relembrando músicas da época de ouro do rádio, e o Balada Instrumental, com novidades interessantes, histórias pitorescas e detalhes do universo instrumental. O programa é apresentado pelo colaborador e baterista Carlos Bala.

 Também aos sábados, vão ao ar os musicais Educativa Pop, que tem uma seleção diferenciada de canções voltadas para os jovens, e o Música, Divina Música, com o melhor do gênero romântico internacional.

 O programa musical e de entrevista Vida de Artista retornou à grade da emissora em 2010 com novidades. Ele vai ao ar todas as sextas-feiras à tarde e ao final de cada mês é exibida edição especial de duas horas de programa, ao vivo e com plateia, direto do Espaço Cultural Linda Mascarenhas.

 O MPB em Foco voltou à grade de programação da emissora, reunindo música de qualidade com informações sobre artistas e compositores, destacando grandes nomes e apresentando novidades do cenário artístico local e nacional.

 Ao longo da programação diária da emissora educativa, vai ao ar o Minuto de Poesia, interprograma produzido pelo colaborador Ricardo Cabús e que oferece aos ouvintes a boa poesia produzida em Alagoas, no Brasil e no mundo.

 A Educativa FM também acolheu programas que integraram a grade de programação da emissora por um período e foram produzidos por colaboradores. Exemplos são o Clube do Choro, que estreou em 2010, apresentado por Ivan Barsand e Ibys Maceió, e que trazia um repertório inteiramente dedicado ao chorinho e suas vertentes; e o programa Intervalo, apresentado pela cantora e compositora Cris Braun, e que era totalmente dedicado à música clássica. Algumas temporadas da versão para rádio do programa infantil Caralâmpia, da TVE, com a apresentadora Márcia Mariah, também foram ao ar.

Ações do documento

Atualização tecnológica

 Dentro da política do Instituto Zumbi dos Palmares (IZP) de viabilizar melhores condições de funcionamento para as emissoras que o compõem, foi adquirido, em 2011, um novo transmissor de 10 mil Watts de potência para a Rádio Educativa FM Maceió. Essa compra, somada ao posicionamento da antena da emissora na nova torre adquirida pelo instituto, em patamar mais elevado e adequado, garantiu uma melhoria significativa nos quesitos transmissão e qualidade de som, beneficiando todos os ouvintes da rádio.

A aquisição de Codecs de Áudio - para fluxo de dados entre emissoras –, permitiu a formação da Rede Educativa FM, envolvendo as rádios de Maceió (107,7 MHz), Arapiraca (106,9 MHz) e Porto Calvo (101,7 MHz), com o enlace proporcionando nova dinâmica entre às educativas na disponibilização de programação musical e informativa diferenciada para ouvintes da Região Metropolitana, Agreste e Litoral Norte do Estado.

Investimentos também foram feitos na acústica do estúdio, adequação de ambientes para tornar a emissora mais funcional, e em equipamentos como processador de áudio, microfones, computadores e manutenção de transmissor. Houve ainda a aquisição de software de programação que proporciona melhor gerenciamento, diversificação e controle dos conteúdos da emissora.

Com o projeto e implementação do site do IZP, a Educativa FM passou a ser sintonizada também via Internet, permitindo que as pessoas possam acompanhar a programação musical e informativa pela rede mundial de computadores.

Ações do documento