Estado de Alagoas

Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

» Página Inicial Sala de Imprensa Notícias TVE reapresenta Autoria com Solange Lages
08/04/2011 - 12h35m

TVE reapresenta Autoria com Solange Lages

O Autoria é quinzenal e vai ao ar nesta segunda, 11, às 19h15

TVE reapresenta Autoria com Solange Lages

 Iranei Barreto


 Aliando literatura e dramatização, o programa Autoria, da TV Educativa de Alagoas (TVE), reapresenta nesta segunda(11), às 19h15, a vida e a obra da escritora, professora, advogada e artista plástica Solange Lages Chalita.


 Autora de cerca de 10 livros, Solange Chalita relembra a infância e adolescência, fala da influência do pai, o médico José Lages Filho, da tia Lily Lages e da professora Edla Braga no estimulo à leitura. Comenta também sobre a influência que sofreu dos autores Machado de Assis e Malba Tahan, que a inspiraram na adolescência e na vida adulta.


 A artista chama a atenção para os primeiros passos na poesia, quando em Paris escreveu o primeiro livro, “Canto Anônimo” e segunda publicação, “Canto Sinônimo”, de conteúdo subjetivo, confessional, mas também social. Destaca também seu livro de contos “Passagem”, obra de transição da fase poética para a prosa. Como escritora, Solange Lages atua como crítica literária, poetisa e contista.


 Libertação- Para Solange, a poesia tem o poder de libertação: “É uma emoção que brota muito forte e que ela pede pra sair em forma de palavra”, diz.  A escritora também encontra nas artes plásticas forma de expressão para deixar explodir essa força interior e inconsciente: “Eu deixo que as cores me levem e depois os outros é que vão dizer se estão vendo alguma coisa ali”, observa.


 A poetisa fala ainda das motivações e amor pelo esposo: “Os textos que eu mais gosto são aqueles que sempre traduziam meu amor por Pierre, que era muito grande e precisava de palavras para ser dito”, diz. Também não esconde a predileção pela palavra “canto”, presente em boa parte de sua obra, inclusive, nos títulos de alguns dos livros.


 “Eu guardo sempre a palavra canto porque gosto muito de música, apesar de ser desafinada, talvez, seja por isso que eu procure cantar com palavras”, comenta. A alagoana terá trechos de sua obra interpretados pela atriz Laís Lira, da Associação Artística Cia do Chapéu. Solange Lages estudou Letras Clássicas, Filosofia e Ciências na Universidade Católica do Rio de Janeiro; Direito na UFAL; e na Sorbonne, em Paris, aperfeiçoou o francês adquirido durante o Curso Superior de Língua e Literatura Francesa, realizado na Faculdade de Nancy.


 Solange também é autora dos livros “Canto Desencanto”, “O Anjo Encarnado” e “Canto Mínimo” e “Alagoas: roteiro cultural e turístico”, escrito em parceria com outros autores e ilustrado por Pierre Chalita, artista plástico e marido da escritora, falecido em agosto deste ano.


 Autoria- é produzido por Simone Cavalcante, Tati Campos e Waleska Machado, com edição executiva de Anete Carvalho e edição e finalização de Gustavo Lima. As imagens são de Tadeu Ramos e Samuel Limeira com apoio técnico de Luciano Alves e Márcio Rodrigues. O programa é quinzenal e poderá ser conferido nas segundas-feiras, às 19h15, com reprise aos sábados, às 19h45, na TVE canal 03 da TV aberta e 06 da NET

 

Ações do documento