Estado de Alagoas

Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

» Página Inicial Sala de Imprensa Notícias TVE exibe especial com o último show da 6ª edição do Palco Aberto
02/06/2011 - 14h00m

TVE exibe especial com o último show da 6ª edição do Palco Aberto

O encerramento do projeto ficou por conta do cantor e compositor Luiz de Assis, que apresentou trabalho solo.


 Iranei Barreto


O Vida de Artista desta sexta-feira (03) exibe especial com o cantor e compositor Luiz de Assis, encerrando uma série de programas sobre a 6ª edição do projeto Palco Aberto, que aconteceu entre os dias 24 de março a 26 de maio, no Espaço Cultural Linda Mascarenhas. O programa vai ao ar às 19h, pela TV Educativa de Alagoas (TVE), com bate-papo com o artista, bastidores, a movimentação e making of da cobertura.


Durante o programa, o público, acostumado a ver Luis de Assis à frente da banda de reggae Vibrações, com canções de um discurso forte e direto, que mobiliza e emociona o público, principalmente da periferia, vai conhecer um pouco do trabalho solo que o artista lançou recentemente com composições que exploram outros ritmos e discursos.


O espetáculo, intitulado Chamada – em referência a um movimento da capoeira angola, onde um capoeirista desafia o outro em um momento de extrema malícia -, apresentado no encerramento da a 6ª edição do projeto Palco Aberto, poderá ser conferido em detalhes no Vida de Artista. O programa exibe ainda entrevista com o artista que fala da carreira e dos novos desafios.Realizado pela Boibumbarte Produções, a 6ª edição do Projeto Palco Aberto contou com a parceria do Instituto Zumbi dos Palmares (IZP), envolvendo o Linda Mascarenhas, a TV Educativa de Alagoas (TVE) e as Rádios Difusora (AM 960) e Educativa FM (107,7MHz). Além de Luis de Assis, que fez o encerramento desta edição, também se apresentaram Ibys Maceioh, Banda Eek, Sandro Barros, Jan Cláudio, Josenildo Gomes, Toinho Antunes, Rômulo Melo, Janu e os Matutos Urbanos, Poesia Musicada no Pandeiro, Dona Encrenca e Luiz Alberto Machado.


Cobertura- Para ampliar o acesso do público à seleta produção alagoana apresentada durante os 10 dias no palco do Linda Mascarenhas, as Rádios Difusora e Educativa FM e a TV Educativa prepararam especiais sobre esta edição do Palco Aberto.
No caso da TVE, além de cobrir os shows e bate-papo com os artistas, o Vida de artista também fez a cobertura dos ensaios abertos que contaram com a presença dos estudantes do Centro Educacional de Pesquisas Aplicadas – CEPA. O programa acompanhou o bate-papo dos estudantes com os músicos sobre como funciona toda estrutura de um espetáculo musical. Os especiais foram exibidos à medida que os shows foram acontecendo.


 “A experiência foi bastante positiva, sobretudo porque tivemos a oportunidade de mostrar o trabalho desse pessoal que é muito bom, mas que não encontra espaço na mídia,” comenta Herivaldo Ataíde, diretor do Vida de Artista.


De acordo com a apresentadora do programa, Gal Monteiro, foi a primeira vez que o Vida de Artista acompanhou um projeto na íntegra.  “Estivemos presente não apenas nos shows, mas também nos bastidores e nos ensaios abertos que contaram com a presença dos alunos da rede pública de ensino”, diz. E completa, “Foi uma experiência muito positiva onde tivemos a oportunidade de testemunhar um projeto vitorioso que tem possibilitado ao longo de suas edições que artistas alagoanos mostrem seus trabalhos autorais”.


Outra ação do IZP foi à realização de entrevistas com os participantes do Palco Aberto na Educativa FM, com os programas Vida de Artista, exibido às sextas-feiras, das 16 às 17 horas, e o Educativa em Revista, exibido diariamente, de segunda à sexta, das 07 às 8h, trazendo informação e bate-papo com os participante do Projeto.  A Rádio Difusora também deu sua contribuição com o programa Stênio Reis entrevistando os artistas.


“O IZP e a Algás são nossos parceiros desde o início. Este ano, tivemos um apoio muito positivo no que diz respeito à divulgação tanto nos veículos do IZP quanto das outras emissoras, o que garantiu o sucesso desta edição, tanto em público quanto na divulgação dos trabalhos dos participantes”, avalia Wilson Miranda, um dos idealizadores e produtor do Palco Aberto.


“Uma decisão nossa é trabalhar com os coletivos, que se mostra acertada ao contemplar artistas com o trabalho reconhecido por iniciativas como esta do Palco Aberto, que é um trabalho muito bonito", ressalta Júnior Almeida, diretor do Espaço Cultural Linda Mascarenhas.


Wilson Miranda também comemora a criação da campanha “Sou de Alagoas”, que surgiu espontaneamente durante esta edição do Palco Aberto e que agora ganha às ruas e as redes sociais num esforço de fortalecimento e valorização da nossa cultura.

 

 “Queremos que Alagoas também seja conhecida pela sua cultura e seus artista e não apenas pelos problemas. A campanha começou no projeto e já esta nas mídias sociais, agora estamos preparando atos para despertar no alagoano o amor por Alagoas", destacou.

Ações do documento