Estado de Alagoas

Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

» Página Inicial Sala de Imprensa Notícias TVE é finalista do Prêmio Nacional Jornalista Abdias Nascimento
27/10/2011 - 22h03m

TVE é finalista do Prêmio Nacional Jornalista Abdias Nascimento

Emissora concorre na categoria Televisão com matéria sobre quilombolas exibida no programa Página Aberta.

TVE é finalista do Prêmio Nacional Jornalista Abdias Nascimento


 

Iranei Barreto 

 

A TV Educativa de Alagoas (TVE), emissora do Instituto Zumbi dos Palmares (IZP), é finalista na categoria Televisão do Prêmio Nacional Jornalista Abdias Nascimento, com a matéria Quilombola, exibida no programa Página Aberta. O prêmio é uma iniciativa da Comissão de Jornalistas pela Igualdade Racial (Cojira-Rio), vinculada ao Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Município do Rio de Janeiro, e tem por objetivo estimular a cobertura jornalística qualificada sobre temas relacionados à população negra.

 

Em sua 1ª edição, a iniciativa visa ainda destacar o potencial informativo e de mobilização social do jornalismo para fins de discriminação social, além de incentivar a cobertura sobre medidas de combate as desigualdades socioeconômicas em função da raça do país. O Prêmio Nacional Jornalista Abdias Nascimento conta com a parceria da Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ), do UNIC Rio e do CULTNE Acervo Digital da Cultura Negra. Tem ainda o apoio da Superintendência de Igualdade Racial do Estado do Rio de Janeiro (SUPIR) e do Conselho Estadual dos Direitos dos Negros (CEDINE). O patrocínio é da Fundação Ford, Fundação W. K. Kellogg e da Oi.

 

Foram anunciados 21 trabalhos finalistas e os vencedores serão conhecidos na festa de entrega dos troféus a ser realizada no dia 7 de novembros, no Teatro Oi Casa Grande, Rio de Janeiro. O Prêmio Jornalista Abdias Nascimento recebeu mais de 150 inscrições de todo o Brasil e vai distribuir R$ 35 mil aos vencedores das sete categorias (Mídia Impressa, Televisão, Rádio, Mídia Alternativa ou Comunitária, Internet, Fotografia e Categoria Especial de Gênero). Na categoria Televisão, a TVE concorre com a TV Brasil e com a TV Câmara, ambas do Distrito Federal. 

 

Reconhecimento 

Comprometida com uma programação diferenciada, a TVE – emissora associada à TV Brasil - tem buscado ao longo de sua programação exibir atrações que discutam aspectos importantes do nosso estado, do ponto de vista educativo e cultural. O resultado desse trabalho tem sido reconhecido nas grandes premiações do jornalismo alagoano.

 

Em 2008, na maior premiação do jornalismo alagoano, o atual Prêmio Braskem de Jornalismo, a TVE recebeu menção honrosa pela reportagem “O Mistério do Ouro Negro em Alagoas”, retratando a história do petróleo em nosso Estado. Em 2009, nesse mesmo Prêmio, foi a grande vencedora com a reportagem “Cientistas alagoanos lutam contra a extinção do pitu no rio São Francisco”.

 

Em 2010, no Prêmio Octávio Brandão de Jornalismo Ambiental, das três reportagens escolhidas como finalistas na categoria Telejornalismo, a TV Educativa conquistou a primeira e a terceira colocações, com as matérias “Créditos de Carbono: uma alternativa para Alagoas”. E “Caminho Lagunar”. E agora em 2011 a TVE foi, pelo segundo ano consecutivo, a grande vencedora da 9ª edição do Prêmio Octávio Brandão de Jornalismo Ambiental, com a matéria “A Vida no Lixo”. A emissora educativa também recebeu  menção honrosa pela matéria “Quem são os irracionais?”, que denúncia maus tratos e tráfico de animais.

 

Filalistas

Veja a seguir a relação das reportagens finalistas, na categoria Reportagem de TV, da 1ª edição do Prêmio Nacional Jornalista Abdias Nascimento em 2011: Big Richard, Grupo Teatral Caixa Preta. TV Brasil – DF; Dulce Queiroz, Raça Humana. TV Câmara – DF; e   Vera Valério, Quilombola,TV Educativa de Alagoas.

 

Ações do documento