Estado de Alagoas

Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

» Página Inicial Sala de Imprensa Notícias TVE é a grande vencedora do Prêmio de Jornalismo Ambiental
06/06/2011 - 17h20m

TVE é a grande vencedora do Prêmio de Jornalismo Ambiental

Emissora do IZP conquista primeira colocação na categoria Telejornalismo pelo segundo ano consecutivo

 TVE é a grande vencedora do Prêmio de Jornalismo Ambiental

 

Iranei Barreto 

 A TV Educativa de Alagoas (TVE) foi pelo segundo ano consecutivo a grande vencedora da 9ª edição do Prêmio Octávio Brandão de Jornalismo Ambiental, na categoria Telejornalismo, com a matéria “A Vida no Lixo”, dos jornalistas Marcos Rolemberg e Vera Valério, exibida no programa Página Aberta da emissora.

 

A TVE recebeu também uma menção honrosa pela matéria “Quem são os irracionais?”, que denúncia maus tratos e tráfico de animais, de Marcos Rolemberg e Samuel Limeira, veiculada na programação da emissora como minidoc. A segunda e terceira colocação na categoria Telejornalismo foram para a jornalista Kelly Cordeiro, da TV Pajuçara.

 

A premiação aconteceu no último sábado (4), no Armazém Usina, em Jaraguá. Promovido pela Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental (Abes-AL), com patrocínio da Braskem e apoio do Sindicato dos Jornalistas de Alagoas (Sindjornal), a edição 2011 registrou recorde de trabalhos inscritos, com 90 reportagens no total - 24 a mais do que na edição anterior.

 

Repórter e produtor tanto da reportagem vencedora quanto da que recebeu menção honrosa, o jornalista Marcos Rolemberg confessa ter ficado surpreso com o duplo reconhecimento. “Quando recebemos a menção, dada as matérias de grande qualidade, eu já fiquei muito feliz, mas quando recebemos o prêmio principal confesso que fiquei sem palavras”, revela.  “Este foi o reconhecimento de um trabalho feito por uma equipe que mesmo diante das dificuldades acredita em um jornalismo diferenciado, completa.

 

“Este prêmio veio novamente para reforçar e confirmar que estamos no caminho certo”, ressalta por sua vez a jornalista Vera Valério, produtora das matérias que venceram as duas últimas edições do Prêmio. “Temos buscado fazer um jornalismo sério, comprometido, que busca explora outros ângulos, fugindo do que é piegas e do que já foi dito”, diz.

 

“Esse prêmio para nós representa muito e até mais que para outras emissoras, porque enfrentamos muitos desafios e muitas dificuldades, mas quando se quer fazer, se faz. Essa é uma vitória de toda equipe”, avalia Rachel Fiúza, diretora de jornalismo da emissora. 

 

“Faço questão de parabenizar a todos os profissionais responsáveis por mais essa conquista”, observa o jornalista Marcelo Sandes, diretor presidente do IZP. “Desde 2008, quando passou a inscrever seus trabalhos nas grandes premiações do jornalismo alagoano, a TVE tem sido reconhecida pela qualidade das reportagens e pela capacidade das equipes envolvidas”, diz.

 

Reconhecimento - Comprometida com uma programação diferenciada, a TVE – emissora associada à TV Brasil - tem buscado ao longo de sua programação exibir atrações que discutam aspectos importantes do nosso estado, do ponto de vista educativo e cultural, sendo o tema meio ambiente uma temática recorrente. O resultado desse trabalho tem sido reconhecido nas grandes premiações do jornalismo alagoano.

 

Em 2008, na maior premiação do jornalismo alagoano, o atual Prêmio Braskem de Jornalismo, a TVE recebeu menção honrosa pela reportagem “O Mistério do Ouro Negro em Alagoas”, retratando a história do petróleo em nosso Estado. Em 2009, nesse mesmo Prêmio, foi a grande vencedora com a reportagem “Cientistas alagoanos lutam contra a extinção do pitu no rio São Francisco”, de Miguel Torres e Samuel Limeira, com produção de Vera Valério e Isabelle Targino.  Já em 2010, no Prêmio Octávio Brandão de Jornalismo Ambiental, das três reportagens escolhidas como finalistas na categoria Telejornalismo, a TV Educativa conquistou a primeira e a terceira colocações, com as matérias “Créditos de Carbono: uma alternativa para Alagoas”, que ressalta iniciativa pioneira no estado sobre redução de gases do efeito estufa, do repórter Luiz Alberto Filho, com imagens de Tadeu Ramos e Samuel Limeira. E “Caminho Lagunar”, sobre grupo de peregrinos em caminho que vai de Santa Luzia do Norte a Marechal Deodoro, visitando comunidades e dando orientação ambiental, do repórter Fabrício Camboim, com imagem de Samuel Limeira.

 

Reportagens – Na reportagem vencedora “A Vida no Lixo”, a TVE buscou humanizar o fechamento do lixão e na contramão do que vinha sendo discutido pela mídia, tratou de investigar não apenas nos impactos ambientais, mas também as conseqüências para as pessoas que sobreviviam do lixão. A reportagem é Marcos Rolemberg e Samuel Limeira, com edição de Vera Valério e Ana C. Campos, apresentação de Anete Carvalho e apoio Técnico de Luciano Alves e Márcio Rodrigues.

 

Já na reportagem “Quem são os irracionais?”, que ganhou a menção honrosa, a TVE denunciou maus tratos que vem sendo praticados contra animais. A reportagem é de Marcos Rolemberg e Samuel Limeira, com produção de Marcos Rolemberg e Gabriela Lapa, edição de Vera Valério, Chris Duarte, Vagner Barsand e apoio Técnico de Luciano Alves e Márcio Rodrigues.

 

 Vencedores da Edição 2011 do Prêmio de Jornalismo Ambiental:

 

CATEGORIA WEB

1º – Ana Cláudia Almeida – Cada Minuto

2º – Monica Cavalcante – Tudo na Hora

3º – Luciana Martins e Marcela Oliveira – Primeira Edição

CATEGORIA FOTOGRAFIA

1º – Luciana Martins – Primeira Edição

2º – Gilberto Farias – Gazeta de Alagoas

3º – Sandro Lima – Tribuna Independente

CATEGORIA TEXTO

1º – Deraldo Francisco e Gilson Monteiro – O Jornal

2º – Láyra Santa Rosa – O Jornal

3º – Carolina Sanches – O Jornal

CATEGORIA IMAGEM

1º – Falcon Barros – TV Gazeta

2º – Weliton Soares – TV Pajuçara

3º – José Agatangelo – TV Gazeta

CATEGORIA REPORTAGEM/TV

1º – Marco/Vera Valério – TV Educativa

2º – Kelly Cordeiro – TV Pajuçara

3º – Kelly Cordeiro – TV Pajuçara

 

Ações do documento