Estado de Alagoas

Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

» Página Inicial Sala de Imprensa Notícias TV Educativa exibirá minisséries para a juventude
01/04/2011 - 22h15m

TV Educativa exibirá minisséries para a juventude

Projeto do MinC, com parceria da TV Brasil, propõe dramaturgia para as classes C, D e E

TV Educativa exibirá minisséries para a juventude

Teledramaturgia para jovens das classes C, D e E. Nesse sentido, foi apresentado na noite dessa quinta-feira, na Cinemateca Brasileira, em São Paulo, três minisséries que serão exibidas este ano pela Rede Pública de Televisão: “Natália”, sobre uma jovem de origem humilde que se vê por acaso no mundo da moda; ” Brilhante Futebol Clube”, que aborda o preconceito sofrido por jovens meninas que decidem montar uma equipe de futebol em uma cidade do interior de Minas Gerais; e “Vida de Estagiário”, baseado nos quadrinhos do cartunista Allan Sieber.  Cada minissérie é composta por 13 capítulos, cada um com meia-hora de duração.  A primeira, “Natália”, estreia em 1º de maio, às 22h30.

A realização das minisséries é fruto do edital FICTV/Mais Cultura, do Ministério da Cultura, em parceria com a Cinemateca Brasileira e a Empresa Brasil de Comunicação (EBC/TV Brasil). A solenidade de lançamento contou com a presença da presidente da EBC, Tereza Cruvinel, da secretária do Audiovisual do MinC, Ana Paula Santana, da presidente da Cinemateca, Dora Mourão, além cineastas, produtores, atores, diretores, roteiristas e representantes das emissoras educativas nos estados. Por Alagoas, participou o jornalista Marcelo Sandes, presidente do Instituto Zumbi dos Palmares (IZP).

“O que assistimos em primeira-mão é teledramaturgia inovadora para a TV Púbica, direcionada para a juventude sob olhar positivo e afirmativo”, ressalta Marcelo Sandes. “Com certeza vai repercutir bem junto ao público, pela qualidade das produções, realizadas com a mais alta tecnologia”, diz. A TV Educativa de Alagoas (TVE) é associada à TV Brasil, compondo com várias outras emissoras educativas do país a Rede Pública de Televisão.

O projeto que resultou nas minisséries foi formatado a partir de pesquisas realizadas pelos cientistas políticos Carlos Novaes e Regina Novaes, sobre o perfil do público jovem das classes C D e E, e de discussões ocorridas em seminário sobre juventude e teledramaturgia. Na primeira etapa do FICTV/Mais Cultura, foram inscritos 225 projetos de minisséries de todo o Brasil. Desses, oito foram selecionados, resultado nos três trabalhos que serão exibidos agora pelas TVs públicas. 

“Natália” é uma série dramática sobre uma menina virgem, pobre e evangélica, da periferia do Rio de Janeiro, que é descoberta pelo mundo da moda. Se para qualquer um a entrada nesse universo traz uma série de transformações na vida, tanto mais para Natália, que era a filha do pastor de Marechal Hermes e estava de casamente marcado com o líder da banda da igreja local.

A série “Brilhante Futebol Clube” conta a história de cinco meninas que decidem formar o primeiro time de futebol de Santa Rita do Sapucaí, uma cidade do interior de Minas Gerais. Lideradas por Rita, elas vão enfrentar  dificuldades, brigas e ciúmes na jornada até o grande objetivo: conquistar o caneco do Campeonato Regional de Futebol Feminino. Divertida e emocionante, a série usa os gramados para falar da vida, das dúvidas e medos típicos da adolescência.

 

“Vida de Estagiário”, por sua vez, é uma série de comédia que conta as aventuras e desventuras de Oséias, jovem estagiário numa agência de publicidade. O protagonista sofre com a incompetência e zombaria dos colegas e a realização de tarefas que beiram o absurdo, enquanto  leva a vida no imite da falta de dinheiro e do excesso de trabalho inútil.

Ações do documento