Estado de Alagoas

Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

» Página Inicial Sala de Imprensa Notícias Série “É a Vovozinha!” fala sobre mulheres que optaram por não ter filhos
25/07/2011 - 11h09m

Série “É a Vovozinha!” fala sobre mulheres que optaram por não ter filhos

Entrevistas com mulheres que decidiram não ter filhos

Série “É a Vovozinha!” fala sobre mulheres que optaram por não ter filhos

Iranei Barreto e Assessoria de Comunicação/EBC-TV Brasil


É comum dizer que todas as mulheres nasceram para ser mãe, e que filhos são as âncoras da vida. Mas há 40 anos inventaram algo que revolucionou o mundo: a pílula. E foi essa grande invenção que deu às mulheres o direito de escolher se queriam ou não ter filhos. O episódio “A vovó que não é mãe” do programa É a Vovozinha! , que vai ao ar na segunda (25), às 20h, na TV Educativa de Alagoas (TVE) vai mostrar algumas mulheres que fizeram esta escolha. O programa é uma produção da TV Brasil.


“São mulheres que têm suas profissões, que têm suas carreiras, que não foram mães e que são plenamente felizes”, define a antropóloga Lia Zanotto. Para ela, esta escolha não é fácil, já que existe uma forte pressão social. “É como se houvesse um destino das mulheres, de que elas devessem ter filhos. Já os homens, não, eles podem decidir”, explica.


Mas para Vera Fernandes, a escolha foi simples e óbvia. “Eu sempre achei que era tão dona do meu nariz. Como que alguém podia me pressionar a ter filhos?”. Segundo ela, a decisão trouxe uma liberdade maior para sua vida: “Eu sempre fui muito mais livre, dispus da minha vida totalmente para mim. Diferente das minhas irmãs, que tinham compromissos com seus filhos.”


Parece que a opção por retardar ao máximo a maternidade ou simplesmente não ter filhos é cada vez mais comum nos dias de hoje. Por isso as atrizes Lílian Blanc, Bia Toledo e Berta Zemmel foram às ruas entrevistar as pessoas para tentar entender melhor esse comportamento, tão característico do mundo contemporâneo.   
 

Ações do documento