Estado de Alagoas

Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

» Página Inicial Sala de Imprensa Notícias Série ‘Animais Extraordinários’ estreia hoje na TVE
18/05/2011 - 11h10m

Série ‘Animais Extraordinários’ estreia hoje na TVE

Série ‘Animais Extraordinários’ estreia hoje na TVE



Iranei Barreto e Assessoria de Comunicação/EBC-TV Brasil


O apresentador aventureiro Steve Leonard volta à TV pública em uma nova jornada em busca de animais que sobrevivem nos locais mais hostis da Terra. Em Animais Extraordinários, que estreia nesta quarta (18), às 23h, na TV Educativa de Alagoas (TVE), Steve viaja à procura dessas espécies, lutando contra as adversidades, para revelar os exemplos mais incríveis de resistência do mundo natural. Frio, calor, pressão e altura são alguns dos desafios enfrentados por Leonard, na série de seis episódios coproduzida pela BBC e pelo Animal Planet.


Durante sua busca, Steve se coloca nas mesmas condições enfrentadas pelos animais e tem que sobreviver utilizando as mesmas artimanhas. Com isso, se envolve em algumas situações perigosas. De mordidas de tubarão e de leões irritados, Animas Extraordinários é uma série cheia de ação e encontros intimidadores. A vida no limite e um apresentador que não tem medo de chegar lá.


No primeiro episódio, Steve investiga os lugares mais frios do planeta. Numa montanha gelada no Japão a – 15ºC, ele mergulha num lago vulcânico. Ali encontra alguns companheiros nessa piscina: uma tropa de macacos japoneses que também estão tentando se aquecer. Mas, quando se fala em sobreviver em temperaturas extremas, os pinguins ganham de longe. Na ilha da Georgia do Sul, o apresentador nada com centenas de pinguins-reis. Eles sobrevivem a ventos de 201 Km/h que congela o ar a -80°C. Em uma marcha, eles se mantêm juntos para aquecer seus ovos por dois meses.


A temperatura do mar do Ártico é de -2° C. Na água, o calor escapa do corpo humano 25 vezes mais rápido do que em terra. Sem uma roupa de mergulho adequada, o apresentador morreria em oito minutos. Mesmo assim, ele cai no mar para entender o ambiente e o funcionamento do corpo das focas-barbudas que permitem sua sobrevivência neste mar congelante. Steve mergulha sob o gelo com o câmera Doug Allan. No mar, as placas se movimentam constantemente formando um labirinto de paredes congeladas, o que torna a aventura muito mais perigosa. “Este é o limite…mergulhando sob o gelo no mar Ártico a -45 graus”, enfatiza o apresentador.

 

Ações do documento