Estado de Alagoas

Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

» Página Inicial Sala de Imprensa Notícias Revista do Cinema Brasileiro tem edição sobre paixão pela sétima arte
15/04/2011 - 10h16m

Revista do Cinema Brasileiro tem edição sobre paixão pela sétima arte

Nesta edição o Revista aborda as diferentes formas e possibilidades de sessões e salas que existem atualmente.

Revista do Cinema Brasileiro tem edição sobre paixão pela sétima  arte

Julia Lemmertz e Artur Xexéo


Iranei Barreto e Assessoria da TV Brasil


A cumplicidade que a ficção envolve, no fazer rir e chorar, mesmo estando consciente de que nada daquilo é real, é o que faz todos se apaixonarem pela sétima arte – alguém tem dúvida disso? Pois bem, pensando nos aficionados por cinema, o Revista do Cinema Brasileiro deste sábado (23), que vai ao ar às 20h30, pela TV Educativa de Alagoas (TVE), aborda as diferentes formas e possibilidades de sessões e salas que existem atualmente.


Artur Xexéo é um cronista de língua afiada, que descobriu a paixão pelo cinema ainda criança. Convidado no estúdio desta semana, ele fala à Julia Lemmertz sobre a infância na cidade pequena, onde assistia aos filmes da sala de projeção, comenta os cinemas de rua e diz se acredita ou não que a indústria cinematográfica brasileira já está estabelecida.


E como falar da paixão pelo audiovisual sem remeter à pipoca? Nos cinemas de rua que ainda resistem, a tradicional figura do pipoqueiro e sua carrocinha ainda é uma constante. Revista descobre um pouco mais sobre o cotidiano desse profissional que atrai clientela fiel e, algumas vezes, até famosa.


A equipe do programa acompanhou ainda a sessão de um filme audiodescrito e legendado em uma sala do Centro Cultural do Banco do Brasil, no Rio de Janeiro. Adaptado para deficientes visuais e auditivos, esses filmes têm como objetivo fortalecer a acessibilidade ao cinema. Além do público habitual, a sala contou com a presença do diretor Christian Caselli e de Helena Dale, curadora do projeto.


E ainda, uma matéria com o projeto Cine Mais Cultura, que busca aproximar a população da produção audiovisual nacional através de bibliotecas comunitárias, pontos de cultura, associações de moradores e escolas e universidades públicas.
Sabe o que é MOBZ? Nesta edição será possível descobrir este novo conceito de interagir, economizar, anunciar e se divertir. A ideia é utilizar as salas de cinema digitais para transmissões ao vivo de shows, filmes e sessões especiais.

Ações do documento