Estado de Alagoas

Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

» Página Inicial Sala de Imprensa Notícias Pensão alimentícia é tema do “Educativa em Revista” desta quarta Juiz Carlos
13/09/2011 - 12h45m

Pensão alimentícia é tema do “Educativa em Revista” desta quarta Juiz Carlos

Cavalcanti fala sobre implicações legais do direito adquirido pelo bem-estar da criança

Pensão alimentícia é tema do “Educativa em Revista” desta quarta Juiz Carlos

*Audrey Trevas  

 Nesta quarta (14), o “Educativa em Revista” recebe o juiz titular da 21ª vara cível da capital –sucessões , Carlos Cavalcanti, que fala sobre as implicações legais que envolvem o direito à pensão alimentícia , dirigido ao bem-estar da criança . O Programa vai ao ar das 7h às 8h pela Educativa FM (107,7 MHz), emissora do Instituto Zumbi dos Palmares (IZP).

A pensão alimentícia é a assistência material que os pais (pai e mãe) devem prestar aos filhos através dos alimentos, que não deve compreender somente os alimentos propriamente ditos, mas o custeio de educação, saúde, lazer, vestuário, dentre outras necessidades. Durante o programa, o juiz Carlos Cavalcanti fará alguns  esclarecimentos  para os ouvintes sobre dúvidas de questões jurídicas que envolvem a temática.

Ainda nesta edição, o apresentador Elias Ferreira entrevista o músico, José Vanderlei, que fala sobre o show da cantora alagoana radicada há 20 anos em Portugal, Sílvia Nazário, que se apresenta na próxima sexta (16), às 20h, no Teatro de Arena Sérgio Cardoso (Anexo do Teatro Deodoro).  Os músicos Felix Baygon (baixo elétrico) e Carlos Bala (bateria) completam a banda. A direção musical é de Claudio Kumar e produção de José Vanderlei.

O espetáculo terá a participação especial da Trupe Acorda a Voz, grupo musical muito conhecido nos anos 80, que se reunirá para prestar uma homenagem à sua ex-integrante pelos 25 anos de carreira. Além de Silvia, formavam a trupe os músicos José Vanderlei, Leonardo Arecippo (arranjador), Suzy Nazário, Teca, Gustavo Gomes, Altair Roque e Marcelo Lins.

*Relações públicas

Ações do documento