Estado de Alagoas

Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

» Página Inicial Sala de Imprensa Notícias Para levar cultura à comunidade, projeto de extensão da UFAL é destaque em programa da TV Educativa
16/01/2018 - 10h40m

Para levar cultura à comunidade, projeto de extensão da UFAL é destaque em programa da TV Educativa

Denominado “Mulungú”, iniciativa incorporou espaço de leitura no bairro do Jacintinho

Para levar cultura à comunidade, projeto de extensão da UFAL é destaque em programa da TV Educativa

Por Mácio Paulo*

Facilitar o acesso à leitura, e, quem sabe, reescrever o futuro de crianças da comunidade. Esse é o principal objetivo do “Projeto Mulungú”, organizado por alunos do oitavo período do curso de administração da UFAL. Com apresentação de Luiz Alberto Fonseca, o Pauta Especial recebeu a estudante Kelly Christian para falar sobre a ação.

Kelly conta que tudo começou devido a um desafio proposto pelo professor Eugênio Gomes, docente na disciplina de Gestão de Projetos. Uma de suas colegas de equipe sugeriu que o grupo revitalizasse o Centro Comunitário Santo Antônio, localizado no bairro do Jacintinho, que antes servia à comunidade por meio da oferta de cursos e doação de refeições.

A partir da ideia, os integrantes do Projeto Mulungú decidiram que o foco da reestruturação seria uma tentativa de melhorar a sociedade por meio da educação infantil. “Propomos revitalizar uma sala e transformá-la em um espaço de leitura, um ambiente bonito, que tivesse livros infantis para trazer essas crianças e levar alguma coisa pra elas”, explica ao repórter Luiz Alberto Fonseca.

O primeiro passo da equipe foi ir ao bairro e apresentar a ideia para a comunidade. Kelly Christian relata que, assim como a árvore que dá nome ao projeto, ele cresceu rápido, foi bem recebido, o que incentivou todos os estudantes.

Além disso, empresários se solidarizaram com a causa e acabaram doando grande parte dos móveis necessários para o ambiente. A quantidade de livros recebidos chegou a 700, cedidos por estudantes da UFAL, professores e moradores do próprio Jacintinho.

Para o futuro, Kelly e seus colegas pretendem continuar o Projeto Mulungú.  A proposta é lecionar aulas de reforço para as crianças a partir de fevereiro. “A gente quer muito que isso sirva de exemplo para a vida deles e que eles possam pensar que naqueles livros podem encontrar um futuro melhor”, ressalta. A principal recompensa, além do reconhecimento acadêmico, foi o trabalho social exercido pelo grupo.

 

*estagiário de Jornalismo do IZP

Ações do documento