Estado de Alagoas

Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

» Página Inicial Sala de Imprensa Notícias Observatório da Imprensa discute o comportamento e a cobertura da imprensa nacional sobre a morte de Bin Laden
09/05/2011 - 10h50m

Observatório da Imprensa discute o comportamento e a cobertura da imprensa nacional sobre a morte de Bin Laden

Observatório da Imprensa discute o comportamento e a cobertura da imprensa nacional sobre a morte de Bin Laden

Iranei Barreto Assessoria de Comunicação/EBC-TV Brasil

A cobertura da morte do terrorista Osama Bin Laden foi uma das mais agitadas dos últimos tempos e começou de forma atípica. A primeira notícia relativa ao fato partiu do twitter de um vizinho da mansão que Osama ocupava, o que mostra a força das mídias sociais. Aliás, nunca se tuitou tanto como na noite daquele domingo, 1º de maio. A primeira notícia veio através da rede de TV norte-americana CNN. Observatório da Imprensa, que vai ao ar na terça-feira (10), às 22h30, pela TV Educativa de Alagoas (TVE), vai discutir o comportamento e a cobertura da imprensa nacional sobre a morte de Bin Laden.

No Brasil, por causa do adiantado da hora, os jornais tiveram que se mobilizar rapidamente para conseguir estampar o assunto na primeira página de segunda-feira. Nas TVs, a cobertura também foi ampla, bem como nos portais de Internet. E a sequência da cobertura, como se deu?

A imprensa nacional soube analisar a questão além do ponto de vista americano das agências de notícias? Soube questionar fatos como a morte do terrorista ao invés de sua captura? Houve debates sobre a reação da população americana e o papel da mídia nesse fenômeno? São muitas as perguntas. As respostas, o Observatório da Imprensa vai tentar buscá-las.

 

 

 

Ações do documento