Estado de Alagoas

Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

» Página Inicial Sala de Imprensa Notícias O tema do Comentário Geral desta quarta é jogo
06/07/2011 - 09h40m

O tema do Comentário Geral desta quarta é jogo

O programa apresenta famosos que dão dicas sobre as diferentes formas de jogar

O tema do Comentário Geral desta quarta é jogo

Jogar xadrez ajuda a desenvolver o raciocínio lógico


Iranei Barreto e Assessoria de Comunicação/EBC-TV Brasil


Jogo da conquista, jogo de videogame, jogos de azar.  O tema do Comentário Geral desta quarta-feira (06) é jogo. Para falar sobre o assunto o programa traz convidados como o produtor e apresentador do programa Games News, Marcelo Tavares. Ele comenta sobre a evolução dos videogames: desde o Atari ( projetado por Nolan Busbell, lançado no Estado Unidos em 1978 e no Brasil em 1983), considerado um símbolo cultural dos anos 80, ao Wii, produzido pela Nintendo. Esse último foi lançado no final de 200 e se destacou pelo controle sem fios que detectam movimentos em três dimensões. O programa vai ao ar pela TV Educativa de Alagoas (TVE), às 19h30.


Será que jogos eletrônicos podem ser considerados arte? O designer e curador do projeto de artes visuais Multiplicidade, Batman Zavareze, fala sobre o Festival “File Games Rio 2011- Eu quero jogar”. Há 6 anos apresenta artistas que, no palco, realizam experimentos com diferentes recursos tecnológicos. O artista multimídia explica que o evento amplia a compreensão dos jogos enquanto linguagem expressiva e reconhece o game como uma cultura.


No jogo da conquista, os atores Miguel Nader e Rafael Carvalho mostram as situações mais comuns, as mentiras contadas pelos homens e os truque usados pelas mulheres. E dão dicas para quem não sabe jogar nada ou cai no jogo de qualquer um. O ator Dan Stullbach explica o que é jogo de cena para ele e, se na comédia, esse jogo é diferente da vida real. Relata se é possível ser ensinado a jogar ou se é uma questão de vivência. E diz se houve algum jogo de cena que o tenha marcado, como espectador e ator.


Isabel do vôlei analisa sobre as estratégicas aplicadas no esporte e se podem ser adequadas à realidade de qualquer profissão. O professor de direito constitucional da UCAM, José Fernandes Junior, analisa a lei para jogos de azar no Brasil. Além disso, pontua o motivo da proibição, porque ainda são tolerados e quais as atividades ilícitas que estão por trás da exploração do jogo.


Mas há quem queira parar de jogar. João Carlos Santos, membro dos jogadores anônimos do Rio de Janeiro, enfatiza os sintomas do vício em jogo, o tratamento e como os parentes devem participar na recuperação. Amália Maria Mattos de Araújo, professora do CIEP Presidente Agostinho Neto, ressalta a importância dos jogos e brincadeiras na infância. Cita o projeto “Ser Criança” e as mudanças de comportamento das crianças que participam.


Para finalizar, o presidente da Federação Estadual de Xadrez do Rio de Janeiro, Ricardo Barata, conta a importância do xadrez em sua vida e como pode ajudar a desenvolver o raciocínio lógico de quem joga, servindo como auxílio no processo educacional.

Ações do documento