Estado de Alagoas

Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

» Página Inicial Sala de Imprensa Notícias O Revista analisa as novas linguagens do audiovisual
07/04/2011 - 16h02m

O Revista analisa as novas linguagens do audiovisual

Confira as entrevistas com Christiane Jatahy e Ernesto Picollo

O Revista analisa as novas linguagens do audiovisual

Julia Lemmertz e a diretora, atriz e dramaturga Christiane Jatahy


Iranei Barreto e Assessoria da TV Brasil


Desde que o cinema foi criado até os dias de hoje, a forma de se contar histórias mudou bastante. Projetos em diferentes formatos e codificados por equipamentos que vão de câmeras profissionais a webcams permitem a convergência das artes através de novas linguagens e mídias. O Revista do Cinema Brasileiro deste sábado (09), que vai ao ar às 20h30, pela TV Educativa de Alagoas (TVE), analisa essas transformações.


A mistura de diferentes linguagens permite reinventar processos criativos e reciclar formas de produzir. Um exemplo é a aproximação do cinema e da publicidade. Muitos cineastas dirigem comerciais e publicitários se aproximam cada vez mais da linguagem cinematográfica. Profissionais contam à equipe de reportagem do programa sobre as experiências nos dois campos e quais são as maiores influências deste intercâmbio.


O Revista volta no tempo, relembrando uma estética que surgiu nos anos 80, utilizando uma linguagem própria: os videoclipes. Eles consagraram alguns diretores no mercado, como Roberto Berliner, que tem no currículo clipes premiados de grandes nomes da música brasileira. Ele, Bruno Murtinho – diretor da nova geração que vem ganhando destaque – e a galera do site Clipestesia falam sobre esta união entre a música e o audiovisual.


No estúdio, a diretora, atriz e dramaturga Christiane Jatahy fala sobre seu primeiro filme, uma adaptação da peça A Falta que nos Move, também de sua autoria. Ela conta à Julia Lemmertz como é a experiência de transitar entre o teatro e o cinema e também relata os benefícios desta mistura de linguagens.


E ainda falando em teatro e audiovisual, o programa traz uma entrevista com Ernesto Picollo, diretor do espetáculo A História de Nós 2. Assistente de direção de Eduardo Coutinho em produções como Jogo de Cena e Moscou, ele usa ao longo da peça projeções de filmes e conta como surgiu esta ideia.


Sábado também será dia de acompanhar os bastidores do Festival de Cultura Contemporânea, que aconteceu recentemente no Parque Lage, no Rio de Janeiro, e reuniu artistas de todo o mundo. E ainda: um bate-papo com os atores do longa Amor?, de João Jardim, que mistura documentário e ficção. Com um elenco formado por Lília Cabral, Ângelo Antônio, Eduardo Moscovis, e outros nomes de peso, o filme traz relatos verídicos de relações amorosas destruídas pela violência.

 

Ações do documento