Estado de Alagoas

Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

» Página Inicial Sala de Imprensa Notícias Jornalista escreve obra que retrata comunismo em Alagoas
08/05/2017 - 11h13m

Jornalista escreve obra que retrata comunismo em Alagoas

Olga Miranda conta histórias de sua família, que foi perseguida por 60 anos

Jornalista escreve obra que retrata comunismo em Alagoas

Olga, recém-nascida, com seu pai Jayme.

Olga Miranda uniu relatos de sua família, além de uma vasta pesquisa na história dos regimes políticos, durante o século XX em Alagoas. O livro ‘Oh, Pedaço de Mim’ é o resultado deste apanhado de registros. A jornalista e advogada conversou com Miguel Torres, no Pauta Especial, para falar da história por trás desta obra.

A família Miranda foi a mais perseguida por sua ideologia política, o comunismo. A perseguição ocorreu nas ditaduras da Era Vargas (1930-1945) e da Militar (1964-1985), além de governos democráticos. O ódio público contra seus membros durou seis décadas e deixou dolorosas marcas.

A jornalista é filha de Jayme Amorim de Almeida, ex dirigente nacional do Partido Comunista Brasileiro (PCB), que foi sequestrado no Rio de Janeiro e é um de centenas de desaparecidos políticos, oriundos do regime militar.

“O anticomunismo cravou as suas garras em solo alagoano e fez da minha família o principal e permanente alvo a ser combatido. Para eles, os Miranda simbolizavam uma filial de Moscou.”

Para conferir esta entrevista completa, acesse o vídeo clicando aqui.

 

O programa Pauta Especial vai ao ar pela TVE Alagoas, de segunda a sexta às 11h30, com reprise às 16h30. Os canais são o 03 da TV aberta e 06 da NET.

 
Ações do documento