Estado de Alagoas

Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

» Página Inicial Sala de Imprensa Notícias IZP e Educação discutem parcerias e realização de concurso de vídeo
04/08/2011 - 13h05m

IZP e Educação discutem parcerias e realização de concurso de vídeo

O ‘Na Real’ beneficiará estudantes da rede estadual de ensino; gestores também discutiram projetos educativos, culturais e esportivos

IZP e Educação discutem parcerias e realização de concurso de vídeo

 
Iranei Barreto e Lucy Oliveira


 O Instituto Zumbi dos Palmares (IZP) e a Secretaria de Estado da Educação e do Esporte se reuniram para discutir parcerias e ações educativas que possam ser viabilizadas conjuntamente, tendo como instrumentos os meios de comunicação e o espaço cultural que fazem parte do complexo de comunicação, em favor do público em geral e de estudantes da rede pública.


 Umas das iniciativas discutidas é a realização do concurso cultural “Na Real”. O projeto busca incentivar a produção de vídeos por alunos das escolas públicas de toda a rede com temas diferenciados, utilizando equipamentos como celular, câmeras amadoras ou qualquer outro meio de registro que o participante possa dispor. 

 

 A iniciativa será voltada para o incentivo à produção e a criatividade dos alunos e ainda para fortalecer o processo educativo podendo, por meio dos vídeos, tratar de temas da realidade dos estudantes. A idéia è lançar o concurso ainda em agosto, em comemoração ao mês do estudante. As produções vencedoras serão veiculadas pela TV Educativa. O Na Real vai contar também com a parceria e apoio da Secretaria de Estado do Planejamento e do Desenvolvimento Econômico, através da Cepal (Imprensa Oficial). 


 Durante o encontro, o IZP apresentou outros projetos e iniciativas que está buscando concretizar, como a realização de oficinas de teatro e de música para os estudantes do CEPA; um maior acesso dos estudantes da rede pública aos espetáculos desenvolvidos no Espaço Cultural Linda Mascarenhas, além da possibilidade de programas de caráter educativo que possam ser realizados e veiculados pela TV e rádios do Instituto.


 Para o secretário de Educação, Adriano soares, esta parceria com o IZP deve ir além. “O concurso cultural é o início de um trabalho maior que queremos fazer em parceria com o instituto”, observou. “Os meios de comunicação são instrumentos importantes nos processos educativos e, neste sentido, o IZP será nosso grande parceiro,” completou.


 Soares destacou ainda que projetos na área de esporte e cultura também serão desenvolvidos utilizando a estrutura existente no Centro Educacional de Pesquisas Aplicadas (Cepa), como o Linda Mascarenhas.


 Para o diretor presidente do IZP, Marcelo Sandes, a parceria reúne órgãos afins, com propósitos comuns como é o caso do oferecimento de conteúdos educativos e culturais para a coletividade e para o alunado. “O entusiasmo e acolhimento do secretário Adriano às propostas que foram discutidas nos deixou motivados”, ressaltou. Além do presidente, estiveram também presentes ao encontro, pelo IZP, a diretor da TVE, Clarissa Veiga, o diretor do Linda Mascarenhas, Junior Almeida e o diretor administrativo Marcos Normande.


 “Todos nós, IZP e Educação, estamos dispostos a fechar essa importante parceria e viabilizar o desenvolvimento de produtos capazes de auxiliar no processo educativo dos jovens alagoanos, cumprindo assim a nossa missão enquanto emissora pública educativa”, destacou Clarissa Veiga.


 “Tem sido uma conquista oportunizar a que estudantes da Rede Estadual de Ensino tenham acesso gratuito aos espetáculos apresentados no nosso teatro”, observou Junior Almeida, lembrando que uma parceria com a Secretaria da Educação reforçará e ampliará essa sistemática. Ele lembra que projetos como o Palavra Mínima realizará edições especiais para os estudantes, a cada edição semanal, no período da tarde. O Palavra Mínima - unindo música e literatura em um mesmo espetáculo -, é uma ação do IZP em parceria com a Cooperativa dos Músicos de Alagoas (Comusa). O projeto está em cartaz e acontece todas as sextas-feiras, às 20 horas, no Espaço Cultural Linda Mascarenhas.

Ações do documento