Estado de Alagoas

Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

» Página Inicial Sala de Imprensa Notícias IZP compõe nova direção da associação brasileiras de TVs públicas
11/08/2011 - 13h11m

IZP compõe nova direção da associação brasileiras de TVs públicas

IZP compõe nova direção da associação brasileiras de TVs públicas

Marcelo Sandes é o novo diretor-tesoureiro da Abepec.

Iranei Barreto

Os dirigentes das instituições que reúnem as TVs educativas do país elegeram nesta quinta-feira a nova diretoria da Associação Brasileira das Emissoras Públicas, Educativas e Culturais (Abepec) para um mandato de dois anos, prorrogável por igual período.  

Compõem a nova direção da Abepec Pola Ribeiro (Irdeb Bahia), como presidente; José Roberto Garcez (TV Brasil), Jorge da Cunha Lima (Fundação Padre Anchieta) e Wania Tereza de Assis (TVE Amazonas), como vice-presidentes; Marcelo Sandes (IZP Alagoas), como diretor-tesoureiro; e Pedro Osório (TVE Rio Grande do Sul), como diretor-secretário.

O encontro que definiu a nova composição da entidade aconteceu na Cinemateca Brasileira, em São Paulo, após a realização do Seminário de Fomento à Produção de Conteúdos para TVs Públicas, uma iniciativa do Ministério da Cultura em parceria com a Abepec, com participação da secretária do Audiovisual  e de representantes da Agência Nacional de Cinema (Ancine), da Empresa Brasil de Comunicação (EBC-TV Brasil) e do BNDES.  Por Alagoas também participou do encontro a diretora da TV Educativa, Clarissa Veiga.

“Foi um momento importante para discutirmos a produção e coprodução de conteúdos, de novos programas para as emissoras públicas através de parcerias com órgãos como  Ancine e Secretaria do Audiovisual”, observou Marcelo Sandes. “E para reafirmarmos a importância da Abepec no campo político e institucional frente a tantos desafios que temos pela frente neste momento, como é o caso da migração do conjunto das emissoras para o sistema digital”.

Outra questão discutida no encontro foi a possibilidade de se criar no país um instituto de comunicação pública, aberto ao estabelecimento de parcerias com centros de ensino, pesquisa e produção de conteúdos, e capaz de elaborar e dar consecução a projetos que possam fortalecer as emissoras educativas.

 

Ações do documento