Estado de Alagoas

Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

» Página Inicial Sala de Imprensa Notícias Gaby Amarantos no Estúdio Móvel
20/02/2013 - 08h11m

Gaby Amarantos no Estúdio Móvel

Lili também conversa com o diretor de teatro Sidnei Cruz

Gaby Amarantos no Estúdio Móvel

Gaby Amarantos e Lili Reis

Kaká Marinho e Assessoria de Comunicação/EBC-TV Brasil

Nesta quarta e quinta (20 e 21), às 18h na TVE, Lili vai ao encontro de Gaby Amarantos. A entrevista passeou por sua trajetória, sucesso, família, origem, maternidade. Nascida e criada na periferia de Belém, bairro do Jurunas, Gaby cresceu com a música. Suas origens são de uma família de sambistas, onde desde pequena já cantava e dançava nas rodas de samba que faziam.

A rainha do tecnobrega foi influenciada por cantoras como Clara Nunes, Ella Fitzgerald e Billie Holiday e pelos bregas Francis Dalva e Reginaldo Rossi – mas deixa claro que a sua maior influência está no bairro em que nasceu, onde tudo toca ao mesmo tempo.

O seu primeiro álbum solo, “Treme”, foi dirigido por Carlos Eduardo Miranda e produzido por Féliz Robatto. O disco conta com participações das cantoras Fernanda Takai, Thalma de Freitas e Iara Rennó.

Liliane Reis também foi ao teatro conversar com o diretor Sidnei Cruz. Mineiro de Manhuaçu, Sidnei traçou um caminho significativo no teatro e na cena cultural do Rio de Janeiro. Formado em direção teatral, ele também atua como dramaturgo, produtor cultural e poeta. Ele ajudou a mudar o rumo da poesia na década de 70.

O mineiro falou sobre o projeto Palco Giratório, que proporciona intercâmbios entre o público e a arte, possibilitando o acesso de uma galera ampla e diversificada aos espetáculos de altíssima qualidade, além de divulgar o trabalho de profissionais provenientes de diversos estados brasileiros.

O programa é uma produção da TV Brasil.

Ações do documento