Estado de Alagoas

Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

» Página Inicial Sala de Imprensa Notícias Futuros gestores pensam um mundo sustentável e viável
14/09/2011 - 09h34m

Futuros gestores pensam um mundo sustentável e viável

Futuros gestores pensam um mundo sustentável e viável

Diogo Braz

 

Mais do que uma palavra na moda, sustentabilidade, hoje em dia, é um conceito urgente. Infelizmente, ainda vivemos num mundo onde o progresso é guiado pelo acumulo de capital; um mundo que, de modo geral, cresce desordenadamente, sem planejamento ou cuidados que propiciem um ambiente com boas condições de vida para todos.

Apesar de ser tema importante em quase todas as instâncias de nossa sociedade (desde festivais de música até reuniões de líderes de Estado), a sustentabilidade ainda aparece na maioria dos debates com nuances “platônicas”, pois ainda apresenta pouco na prática de nosso dia a dia. Diante de tantas evidências da degradação do meio ambiente, como o aquecimento global, desmatamento de florestas, extinção de espécies, etc, o mundo precisa saber como tirar essa sustentabilidade do plano das ideias e implantá-la realmente na sua vida prática, para preservar o meio ambiente e as condições de vida necessárias para as próximas gerações.

Sintonizadas com as urgências ecológicas de um mundo globalizado, as turmas do quinto e sexto períodos do curso de Administração da Faculdade da Cidade de Maceió (Facima), aproveitaram a VIII Semana do Administrador da Facima, com o tema “Sustentabilidade e Meio Ambiente”, para despertar a atenção dos futuros gestores para o assunto. O ciclo de palestras teve início nesta terça, no Espaço Cultural Linda Mascarenhas, e contou com a presença de alunos de Administração e pessoas interessadas em questões ambientais.

Compuseram a mesa de abertura do evento: Ana Paula Nunes, diretora da Facima; Edson Mario de Alcantara Junior, coordenador do curso de Administração da Facima; Alessio Sandro, coordenador de estágio da Facima; Júnior Almeida, diretor do Espaço Cultural Linda Mascarenhas; Sandra Menezes, superintendente do IBAMA em Alagoas; e Armando Lobo, presidente do Conselho Regional de Administração de Alagoas.

A superintendente do IBAMA em Alagoas, Sandra Menezes, apontou a importância do tema. “Os alunos estão de parabéns pela escolha do tema. Sustentabilidade é um assunto atual e que sempre será atual, mas que poucas pessoas querem discutir. O IBAMA está feliz em participar deste debate, pois se nós não pensarmos com sustentabilidade no que estamos construindo hoje não sobrará nada para as gerações futuras”, explicou.

Atentos, os alunos escutavam as falas e faziam anotações em suas pastas, demonstrando atenção e comprometimento com o debate de ideias, enquanto os organizadores, também alunos de Administração, movimentavam-se para que tudo corresse bem. O diretor do Espaço Linda Mascarenhas, Júnior Almeida, elogiou o empenho. “É muito bonito ver a dedicação com que esses alunos organizaram o evento, o Espaço está sempre de portas abertas para parcerias como esta, que trazem reflexões importantes não somente para os dias de hoje, mas que são urgentes para a subsistência no planeta”, comentou.

Na primeira das duas palestras do dia, o presidente do Conselho Regional de Administração de Alagoas, Armando Lôbo, falou com propriedade sobre a importância da sustentabilidade para o exercício profissional do Administrador. “Na minha época de colegial, aquele livrinho verde de Ecologia não era tão difundido, mas hoje os jovens têm mais consciência sobre o meio ambiente, e devem fazer um link entre sustentabilidade e a gestão; pensar um modelo de gestão sustentável, pois o futuro já está sendo traçado hoje e o aluno não pode esperar para se preparar para ele”, aconselhou.

O segundo palestrante, o procurador federal João de Deus Benício, coordenador da Procuradoria Federal Especializada junta ao IBAMA em Alagoas, esclareceu didaticamente sobre como o Direito enxerga a questão do meio ambiente, explicando como a Constituição Federal aborda e salvaguarda temas importantes para o meio ambiente; explicando também como outras leis tentam preservar os ecossistemas brasileiros, e como os juristas e doutrinadores têm enxergado o tema nos dias de hoje. A visão de um operador do Direito serviu para que os alunos de administração se enxergassem no papel de gestor, podendo ver como as leis podem ser aliadas de uma gestão que busca na sustentabilidade um modelo de sucesso. “Meu desejo hoje foi mostrar as fontes do Direito Ambiental. Eu, como representante do meio ambiente, não pude perder esta oportunidade de vir aqui passar um pouco do conhecimento das leis sobre um tema tão importante nas nossas vidas para futuros gestores, profissionais que poderão fazer com que o crescimento aconteça de forma sustentável”, comentou.

O procurador também falou sobre como uma gestão pautada na sustentabilidade pode evitar não só a degradação do meio ambiente, mas o desperdício de dinheiro da Administração Pública. “Hoje há pesquisas que mostram que uma má gestão causa os mesmos danos que uma gestão corrupta. A gente observa que obras que não são planejadas de maneira sustentável, como a Transamazônica, por exemplo, geram gastos à Administração Pública, desmatam florestas e ainda não atendem às necessidades”, criticou.

Os alunos/organizadores ficaram satisfeitos com o primeiro dia de evento. “Ficamos muito felizes com a abertura de hoje, a parceria com o IBAMA, o fato do IZP (Instituto Zumbi dos Palmares) ter cedido o Espaço, possibilitou que a gente fizesse um evento viável”, comemorou José Carlos Fragoso.

A estudante Caroline Santos explicou o porquê da escolha do tema. “A Administração dentro de uma perspectiva do meio ambiente vai pensar em formas sustentáveis para a gestão, o que acaba sendo um diferencial para o administrador, ter essa formação humanista, não se importando somente com o lucro. Esta Semana do Administrador vai servir para que nós, alunos, possamos observar e debater isso”, analisou.

A diretora da Facima, Ana Paula Nunes, aprovou o trabalho dos seus alunos. “Eventos como este são importantes porque promovem a interação dos alunos de períodos diferentes, a criação de network, além de propiciar conhecimentos, que são adquiridos nas palestras de profissionais gabaritados, sem falar no crescimento pessoal de cada um. Os alunos estão de parabéns pelo envolvimento, pelo trabalho bem feito. Sempre fazemos questão de vir e prestigiar, pois nós apoiamos todos os eventos desse tipo”, elogiou.

A manhã terminou com a sensação de que mais um passo foi dado na direção certa, mesmo que o caminho seja longo, essa renovação de ideias e debates sobre modelos sustentáveis de administração se faz necessário para que haja a preservação da vida no planeta. A VIII Semana do Administrador da Facima ainda terá mais dois dias de programação, cheios de debates, ideias e principalmente: esperança.

 

Ações do documento