Estado de Alagoas

Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

» Página Inicial Sala de Imprensa Notícias Fronteiras no Caminhos da Reportagem
09/06/2011 - 09h21m

Fronteiras no Caminhos da Reportagem

A realidade nos limites territoriais brasileiros

Kaká Marinho e Assessoria de Comunicação/EBC-TV Brasil

Regiões abertas ao tráfico de drogas, armas e equipamentos eletrônicos, a extensa fronteira brasileira esconde paisagens que podem incentivar a indústria turística e ainda ajudar na integração com os principais países do continente sul americano. O Caminhos da Reportagem desta quinta (09), às 22h na TV Educativa, o primeiro de dois programas, vai mostrar um pouco a realidade nas regiões onde termina o Brasil. Em algumas delas, como Foz do Iguaçú, no Paraná, o turismo está substituindo o ganho fácil, e ilegal, do contrabando.

Localizado na região conhecida como a Tríplice Fronteira – Brasil, Paraguai e Argentina – o Parque Nacional de Iguaçu já entrou no roteiro turístico internacional. A presença constante das forças de segurança brasileira tem ajudado a transformar a região. Mas o esforço ainda não foi suficiente para acabar com a ação dos grupos a serviço do crime organizados. E os efeitos do Mercosul no dia a dia de quem vive na fronteira do cone Sul.

O programa revela  também como é a vida na fronteira de Roraima com a Guiana, no extremo Norte do Brasil. Uma região tipicamente amazônica, mas que, por força da uma colonização multinacional e multiétnica, mostra contraste sociais e culturais interessantes. Como exemplo, a eleição, pela segunda vez, de um descendente de indianos para presidir da Guiana.

O programa é uma produção da TV Brasil.

Ações do documento