Estado de Alagoas

Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

» Página Inicial Sala de Imprensa Notícias Foz do Amazonas é destaque do ‘Expedições’
09/08/2011 - 12h25m

Foz do Amazonas é destaque do ‘Expedições’

Rio Amazonas está modificando território brasileiro

Foz do Amazonas é destaque do ‘Expedições’

Iranei Barreto e Assessoria de Comunicação/EBC-TV Brasil

Durante quatro anos, Paula Saldanha e Roberto Werneck documentaram a foz do rio Amazonas e como a dinâmica de suas águas vem redesenhando o território brasileiro, alterando hábitos de vida e formando novas ilhas. O programa Expedições “Foz do Amazonas” revela todos esses e outros mistérios do maior rio do mundo, nesta terça (9), às 19h30, pela TV Educativa de Alagoas (TVE).


O rio Amazonas despeja seis trilhões de metros cúbicos de água por ano no Oceano Atlântico. Junto com a água, o rio deposita lama, areia e matéria orgânica, que são lançadas até 300 quilômetros mar adentro. Os sedimentos são tantos que chegam a formar diversas ilhas no Arquipélago de Bailique (AP). Uma delas é Ilha de Marajó, que tem extensão maior do que a Suíça.


Todos esses sedimentos são depositados no mar e no continente com uma velocidade surpreendente, como explica o geólogo marinho e professor Alberto Figueiredo, que concedeu entrevista exclusiva ao programa. “A foz do Amazonas é palco de encontro de gigantes. São três fenômenos – o gigante do rio, o gigante das marés e o gigante da corrente norte brasileira proveniente do Atlântico. Com isso, ali se pode verificar fenômenos de sedimentação em poucos dias ou em poucas horas”, revela.


O pesquisador do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE), Paulo Martini, também é um dos entrevistados do programa e afirma: “da nascente à foz, a dinâmica do rio faz com que ele seja uma máquina de criação de biodiversidade”.

 

Ações do documento