Estado de Alagoas

Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

» Página Inicial Sala de Imprensa Notícias Comentário Geral fala sobre falhas
15/06/2011 - 09h51m

Comentário Geral fala sobre falhas

Os erros na educação dos filhos e outros assuntos são discutidos por especialistas

Kaká Marinho e Assessoria de Comunicação/EBC-TV Brasil

Quem nunca errou, que atire a primeira pedra. Tropeçar, cometer uma gafe, errar, trocar os pés pelas mãos. Afinal, ninguém é perfeito. A palavra do Comentário Geral desta quarta-feira (15), às 19h30 na TV Educativa, é: falha. O programa aborda as falhas na educação dos filhos, falhas nutricionais, as falhas na psicologia, biologia e geologia.

Na psicologia, o convidado Luis Fernando Gallego, membro da Sociedade de Psicanálise do Rio de Janeiro, explica o que é um ato falho e qual a diferença entre um erro e uma distração comum. A coordenadora de recrutamento e seleção Grupo Foco, Eline Zerpini, destaca como devemos nos comportar quando falhamos no trabalho. Aquilino Senra, vice-diretor da Coppe/Ufrj, comenta os riscos de falhas de segurança em usinas nucleares (Japão x Angra I, II e II) e relembra as falhas dos reatores, ocorridas nos grandes acidentes nucleares como: Chernobyl, Three Mile Island, Winscale Pile, e recentemente Fukushima, no Japão.

E quando um homem falha na hora H? O professor de psicologia da UFRJ, Sócrates Nolasco, revela as causas desse problema, tanto para o homem quanto para mulher. Qual é a maior falha dos pais na educação dos filhos nos tempos atuais? Para responder a esta pergunta, o programa traz a psicanalista e terapeuta de família, Suzana Rennó. Já o geógrafo Marcelo Motta explica o que são falhas geológicas e como provocam terremotos.

Na música, o DJ do digital Dubs , Marcus MPC, esclarece se é verdade que o Dub surgiu de uma falha em um vinil. E para falar de saúde, a professora e diretora do Sistema de Alimentação da UFRJ, Lúcia Andrade, cita as maiores falhas nutricionais do brasileiro na hora de escolher o que comer.

O programa é uma produção da TV Brasil.

Ações do documento