Estado de Alagoas

Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

» Página Inicial Sala de Imprensa Notícias Coleção Coco de Roda da Cepal na Educativa FM
29/09/2011 - 15h38m

Coleção Coco de Roda da Cepal na Educativa FM

‘Vida de Artista’ também recebe Igbonan Rocha e Ricardo Cabús, que falam sobre o projeto Djavaneando Lêdo.

Coleção Coco de Roda da Cepal na Educativa FM

Iranei Barreto

O programa Vida de Artista, da Rádio Educativa FM, emissora integrante do IZP, abre espaço na edição desta sexta-feira, às 16 horas, para o universo da literatura infantil da Coleção Coco de Roda, lançada pela Imprensa Oficial Graciliano Ramos (CEPAL) na última terça-feira, dia 27, na Escola Estadual Maria Rosália Ambrósio, no Cepa.

 A jornalista Gal Monteiro, apresentadora do programa, recebe as autoras Luana Teixeira e Eliana Maria, que falam sobre as respectivas obras ‘O que só as minhocas podem ver’ e ‘Upiara’. A Coleção, composta de cinco títulos, é fruto de edital lançado pela CEPAL durante a quarta edição da Bienal Internacional do Livro de Alagoas, em 2009.

 Durante o programa, Luana e Eliana falam do processo de produção dos livros e conversam também sobre o edital que resultou na publicação dos mesmos, ressaltando a importância da iniciativa, sobretudo por se tratar de obras infantis, que normalmente têm custo elevado.

 As autoras falam ainda sobre as dificuldades de se publicar um livro infantil e acerca do mercado alagoano nessa área. Luana Teixeira é historiadora e trabalhou dois anos no Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan). Lá, encontrou alguns estudos sobre o Forte Maurício, que serviram como base para seu livro. Já Eliana Maria trabalha com educação preventiva em odontologia e possui outras obras inspiradas em motivos alagoanos, mas relacionadas a mitos nórdicos, com figuras como dragões e cavaleiros.

 Indígena – ‘Upiara’ trata da cultura indígena. Nascida no Pilar, Eliana se inspirou na região em que vive para ambientar seu trabalho, narrando a história de um pequeno guerreiro indígena que precisa mostrar a sua tribo que ser diferente não significa ser inferior. Ela fala de Saci Pererê, Curupira, Boi Tatá e do herói indígena Upiara.

 ‘O que só as minhocas podem ver’, de Luana Teixeira, retrata um trecho importante da história do nosso estado, através da viagem de Jurema e Xinoca, as duas minhocas que guiam o leitor até a cidade de Penedo, que no século 17 foi ocupada por holandeses e portugueses.

 Também fazem parte da coleção Coco de Roda as obras ‘Pescando histórias à beira-mar’, de Daniel Libardi e Adélia Souto; ‘O baile das meninas’, de Geisa Andrade; e ‘O segredo do rio Mundaú’, de Sara Albuquerque.  As obras custam R$ 15 cada e estão à disposição do público na Cepal, na Edufal e na revistaria Porto Seguro.

 Ainda nesta edição do Vida de Artista Gal Monteiro recebe o cantor e compositor Igbonan Rocha e o agitador cultural Ricardo Cabús, para falarem sobre o projeto Djavaneando Lêdo, que acontece hoje, às 19h30, na Feira do Empreendedor, na FITS. O projeto mistura a poesia de Lêdo Ivo com a música de Djavan.

 

Ações do documento