Estado de Alagoas

Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

» Página Inicial Sala de Imprensa Notícias Banda Casuarina é o destaque do Estúdio Móvel
28/03/2011 - 09h28m

Banda Casuarina é o destaque do Estúdio Móvel

Apresentadora conheceu a casa de um dos integrantes e conferiu a passagem de som no show da Fundição

Banda Casuarina é o destaque do Estúdio Móvel

Casuarina é a atração do Estúdio Móvel


Iranei Barreto e Assessoria da TV Brasil


Nesta segunda-feira (28), a banda Casuarina é a atração do Estúdio Móvel. Os rapazes representam o que há de novo na cena carioca de samba e choro, resgatando o ritmo que construiu a identidade musical brasileira. Liliane Reis conversa com o grupo em dois momentos: na passagem de som do show que fizeram na Fundição e na casa de um dos integrantes, na rua Casuarina, no Humaitá, que deu origem ao nome da banda. O programa vai ao ar às 18h, pela TV Educativa de Alagoas (TVE).


Criado em setembro de 2001, o Casuarina é composto por Daniel Montes (violão 7 cordas), Gabriel Azevedo (percussão e voz), João Cavalcanti (percussão e voz), João Fernando (bandolim e voz) e Rafael Freire (cavaquinho e voz). O segundo disco do grupo saiu no final de 2007 e, por este trabalho, a banda foi indicada ao Prêmio TIM na categoria Melhor Grupo de Samba e recebeu o Prêmio Rival BR como Melhor Grupo.


Ainda neste programa, Liliane entrevista Ivan Reis, o quadrinista de Lanterna Verde. A equipe foi até São Paulo para conhecer seu estúdio, no Jardim Palermo, e conversar sobre sua carreira de sucesso. Ivan começou na editora Dark Horse Comics, nos EUA, desenhando Ghost, O Máscara, Time Cop e Xena. Hoje, tem um contrato de exclusividade com a DC Comics.


Já no Trampo, a apresentadora conhece a profissão de Theoto, um piloto de 31 anos cuja missão é rebocar faixas de propaganda aérea.


Sobre o programa- Estúdio Móvel é o programa da TV Brasil voltado para o público jovem. Apresentado por Liliane Reis, a produção busca um retrato do jovem urbano e contemporâneo. Para isso, o tradicional estúdio fisicamente limitado foi transformado em algo móvel. E desse conceito novo surgiu a ideia do nome, um estúdio que pudesse ir às ruas: Estúdio Móvel.


Uma das inovações é a aproximação da linguagem da televisão com a linguagem web. Hipertextos permeiam as entrevistas e trazem pílulas e curiosidades sobre o assunto. Os movimentos de câmera também são outro diferencial. A mobilidade está presente em todo momento e a regra é não utilizar o tripé.

Ações do documento