Estado de Alagoas

Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

» Página Inicial Sala de Imprensa Notícias 3 a 1 discute debate a Crise Econômica Mundial
10/08/2011 - 11h45m

3 a 1 discute debate a Crise Econômica Mundial

Especialistas divergem do tamanho da crise e dão dicas para enfrentar o momento

3 a 1 discute debate a Crise Econômica Mundial

Iranei Barreto e Assessoria de Comunicação/EBC-TV Brasil

A crise econômica mundial e os reflexos dessa instabilidade financeira são os temas do programa 3 a 1 desta quarta (10), às 22h, na TV Educativa de Alagoas (TVE). Pela primeira vez na história, o rebaixamento da classificação dos Estados Unidos por uma agência de risco causou turbulências nos mercados internacionais. Espanha, Itália, França e Reino Unido tentam evitar o rebaixamento em cadeia. O Brasil está preparado para enfrentar os efeitos dessa crise? Especialistas divergem sobre o tamanho do problema econômico, mas concordam que a crise já chegou ao país.

Participam do debate,o presidente da Ordem dos Economistas do Brasil e conselheiro do Conselho Regional da Economia (Corecon-SP), Manuel Enriquez Garcia; o economista e sócio da Tendências Consultoria, Samuel Pessoa; e o economista do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese), Airton Santos.

Manuel Enriquez Garcia alerta que a crise “chegou ao Brasil e as bolsas já mostram isso”. E ainda que “a crise é profunda e extensa” e que “não vê saída em menos de 5 ou 10 anos”.

Samuel Pessoa acredita que essa crise não vai ter impacto tão forte na economia brasileira. Segundo ele, a Bolsa de Valores sentiu a crise, mas o real ainda não foi afetado mesmo porque “desvalorizou bem menos do que outras moedas”.

Para o economista Airton Santos, “existem oportunidades para o Brasil nessa crise”. Lembra que os problemas financeiros de 2008 não contaminaram o país porque contava com “um sistema financeiro pouco exposto e blindado”.

Os três participantes terminam o programa com dicas para o investidor brasileiro enfrentar esse momento sem perder dinheiro e sono!

Ações do documento