Estado de Alagoas

Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

» Página Inicial Sala de Imprensa Notícias ‘Expedições’ mostra a força do Tambor de Crioula
26/09/2011 - 14h40m

‘Expedições’ mostra a força do Tambor de Crioula

Dança popular maranhense tem registro de Patrimônio Cultural

‘Expedições’ mostra a força do Tambor de Crioula

Iranei Barreto e Ascom/EBC-TV Brasil


O Expedições desta terça (27), às 19h30, na TV Educativa de Alagoas (TVE), mostra a força do Tambor de Crioula através de seus principais personagens, os coureiros e as coureiras, brincantes que organizam e participam da festa. Com depoimentos de seu Apolônio, de 92 anos, um tradicional mestre do Tambor, Mundoca, Nadir e outros, além de uma entrevista com o antropólogo Sérgio Ferreti, um dos maiores especialistas no assunto.


Em 2007, o Tambor de Crioula foi registrado pelo Instituto do Patrimônio Artístico e Histórico Nacional (IPHAN) como Patrimônio Cultural do Brasil. Foi um marco importante a legitimação oficial para esta dança popular afro-maranhense, cultivada há séculos pelos escravos e seus descendentes no Maranhão.


O Tambor de Crioula é uma dança de umbigada de origem africana, na qual os homens tocam e cantam e apenas as mulheres dançam. A festa é realizada à noite, numa roda. Às vezes, dura até o amanhecer.


Somente no Maranhão que ela aparece com esse nome. Freqüentemente é confundida com o Tambor de Mina, uma religião afro-brasileira também original do estado.


O Maranhão é um dos estados mais miscigenados do país, tendo recebido intenso fluxo de escravos nos séculos XVII e XIX, para servir como mão de obra nas lavouras de arroz e algodão. Hoje, cerca de 70% de sua população se declaram negra ou parda.

Sobre o programa- Produzido pela RW Cine, exibido pela TV Brasil e retransmitido, em Alagoas, pela TV Educativa (TVE), emissora integrante do Instituto Zumbi dos Palmares (IZP), o Expedições é o resultado de um trabalho de mais de 30 anos de documentação do Brasil e suas populações, realizado pela jornalista Paula Saldanha e pelo biólogo Roberto Werneck. O projeto como um todo inclui a série de programas de televisão Expedições e livros que mostram a riqueza natural, étnica e cultural do Brasil.

 

Ações do documento