Estado de Alagoas

Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

» Página Inicial Sala de Imprensa Notícias ‘De Lá pra Cá’ revela curiosidades da vida e arte de Arthur Bispo do Rosário
08/07/2011 - 10h45m

‘De Lá pra Cá’ revela curiosidades da vida e arte de Arthur Bispo do Rosário

A arte da loucura

‘De Lá pra Cá’ revela curiosidades da vida e arte de Arthur Bispo do Rosário


Iranei Barreto e Assessoria de Comunicação/EBC-TV Brasil


O De Lá pra Cá deste domingo (10), às 18h, revela curiosidades sobre a vida e a arte de Arthur Bispo do Rosário. No programa, Ancelmo Gois e Vera Barroso entrevistam o curador do Museu e da exposição na Caixa Econômica Federal, Wilson Lázaro; o psiquiatra, fotógrafo e autor do documentário Prisioneiro da Passagem, Hugo Denizart; o diretor do Museu Bispo do Rosário, Ricardo Aquino; e o ator João Miguel, que fez o monólogo O Bispo. O programa vai ao ar pela TV Educativa de Alagoas (TVE).


Arthur Bispo do Rosário é um dos maiores artistas contemporâneos brasileiros. Apesar disso, viveu 50 anos internado em um manicômio, a Colônia Juliano Moreira, no Rio de Janeiro. Lá ficavam os pacientes pobres, com distúrbios psiquiátricos, muitos dos quais considerados perigosos pela sociedade. Bispo, apesar de campeão de boxe, não era violento. Era somente pobre, preto e esquizofrênico. Ouvia vozes. Acreditava ser um enviado de Deus para salvar a humanidade.


E foi imbuído dessa missão que ele instintivamente, sem nenhuma orientação técnica, completamente alheio ao mundo externo ao hospício, criou uma obra monumental, de deixar artistas e estudiosos de queixo caído. Seu trabalho está em sintonia com todos conceitos de arte contemporânea e impressiona pela enorme qualidade, originalidade e múltiplas possibilidades de interpretação. Após ter sido descoberto e, depois de várias exposições no Brasil, a obra de Bispo representou o país em várias mostras internacionais. Hoje, felizmente, a Colônia Juliano Moreira não funciona mais como manicômio. Ela abriga o Museu Bispo do Rosário de Arte Contemporânea.


Sobre o programa: Um momento histórico, um lugar ou um personagem da História do Brasil conduzem os apresentadores Ancelmo Gois e Vera Barroso nessa descoberta do que mudou “de lá pra cá”. Eles conversam, de maneira descontraída, com personalidades que participaram da vida nacional. Os participantes relatam suas memórias de episódios importantes e analisam as mudanças ocorridas ao longo do tempo. Toma Lá Dá Cá é uma produção da TV Brasil.

O formato do programa permite análises, perguntas e opiniões de convidados e populares. Com 30 minutos de duração, De Lá Pra Cá viaja pelo país em busca dos personagens que participaram destas histórias.

Ações do documento