Estado de Alagoas

Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

» Página Inicial Sala de Imprensa Notícias Novas 2019 Junho Difusora Manhã entrevista Olívia Tenório para falar sobre o projeto Alagoas Maior
05/06/2019 - 14h10m

Difusora Manhã entrevista Olívia Tenório para falar sobre o projeto Alagoas Maior

A iniciativa é uma melhoria e ampliação do Arranjo Produtivo Local

Difusora Manhã entrevista Olívia Tenório para falar sobre o projeto Alagoas Maior

O Difusora Manhã recebeu em seu estúdio nesta terça-feira (04) Olívia Tenório, secretária adjunta da Sedetur (Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo), para falar sobre o projeto Alagoas Maior, incluído no programa de aprimoramento de pequenos negócios, que será expandido em Alagoas.

O Alagoas Maior é o resultado da amplificação do Arranjo Produtivo Local. Para quem não conhece, os APLs são grupos de empresas e empreendimentos localizados em uma mesma região, que apresentam o mesmo tipo de negócio e mantêm vínculos de articulação, interação, cooperação e aprendizagem entre si e com outros atuantes locais, tais como: governo, associações empresariais, instituições de crédito, ensino e pesquisa.

O projeto de Arranjo Produtivo Local que ocorria até o ano passado consistia em levar capacitação, consultoria e orientação para essas regiões, para explicar sobre como fazer crescer um empreendimento de maneira mais viável economicamente. "Esse ano nós conseguimos fazer um acordo com o FECOEP (Fundo Estadual de Combate e Erradicação da Pobreza), nós explicamos pra eles as nossas propostas e o nosso objetivo, que era ajudar esses pequenos produtores, principalmente os rurais. Esclarecemos todo o trabalho que nós já fazíamos com o PAPL e falamos da necessidade de amplia-lo", afirmou Olívia Tenório.

Com a ampliação e com a parceria com o FECOEP surgiu o Alagoas Maior. Foram escolhidas três regiões, o Agreste, o Sertão e a Serrana dos Quilombos, juntas elas chegam a quase 70 municípios Alagoanos. "Nós agora vamos levar com o apoio do SEBRAE e de toda as secretarias do governo do estado, a entrega de maquinários e vamos fazer alguns eventos diferenciados, como por exemplo a rodada de negócios, onde nós vamos juntar os produtores, os trabalhadores que estão ali fazendo toda colheita da sua fruta e vamos aproxima-los dos compradores", contou a secretária da Sedetur.

O Alagoas Maior é uma espécie de acelerador e cada região receberá ajuda de acordo com suas necessidades, para poder não só acelerar a produção como também da qualidade ao produto. Nas regiões visitadas, predomina-se a fabricação de fruticultura, horticultura, apicultura e mandiocultura. O projeto também veio como um meio de conscientização para que esses agricultores percebam que o trabalho deles pode virar um empreendimento.

Olívia Tenório também esclareceu que o Alagoas Maior está apenas começando e que há muitas metas a se cumprir. Uma delas é o plano de expandir o projeto para todo estado, além das três regiões já citadas. O programa está em sua fase inicial e o Agreste, o Sertão e a Serrana dos Quilombos foram escolhidos para que se possa identificar quais as ações que serão mais bem sucedidas e quais precisam ser modificadas. Enquanto isso, a Sedetur pretende planejar juntamente com a FECOEP a realização de uma segunda fase do Alagoas Maior no ano que vem, onde irão abranger os demais municípios do estado.

Confira a entrevista completa realizada pelo Difusora Manhã.

Ações do documento