Estado de Alagoas

Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

» Página Inicial Sala de Imprensa Notícias Novas 2019 Agosto Sesau promove série de palestras sobre violência doméstica contra mulheres
08/08/2019 - 12h20m

Sesau promove série de palestras sobre violência doméstica contra mulheres

Difusora Manhã entrevistou a Técnica da Supervisão de Saúde da Mulher da Sesau nesta terça-feira (7)

Sesau promove série de palestras sobre violência doméstica contra mulheres

Foto: Divulgação/Seprev

A Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) juntamente com o Ministério da Saúde, vem promovendo o Agosto Lilás desde o início do mês. É um período de conscientização, em meio a uma campanha de combate à violência contra a mulher. Fazendo parte do projeto, serão realizadas palestras por vários municípios alagoanos.

"Nossas palestras tem como objetivo sensibilizar os profissionais quanto a violência doméstica. Nós já estamos com alguns municípios elencados, já foram realizadas palestras em alguns desses municípios, mas o projeto seguirá por todo mês de agosto. Nosso público-alvo são os agentes comunitários de saúde, profissionais da saúde e a equipe do PSE (Programa Saúde na Escola), porque eles poderão ajudar a disseminar a importância da Lei Maria da Penha nas escolas", afirmou Inês Brandão, Técnica da Supervisão de Saúde da Mulher da Sesau.

Inês Brandão ainda ressaltou que esse trabalho de conscientização não se encerra neste mês, já que a Sesau tem programação até dezembro para trabalhar com os municípios que não tiveram a oportunidade de receber as palestras durante o mês de agosto.

"Nosso trabalho é disseminar a Lei Maria da Penha. Não queremos colocar a mulher contra o homem, mas sim incentivar a paz. E levar para esses profissionais da saúde informações sobre o que há dentro da Lei Maria da Penha que possa proteger da melhor forma a mulher contra a agressão", explicou a Técnica da Supervisão de Saúde da Mulher da Sesau.

A escolha dos profissionais de saúde como público-alvo se deu pelo fato deles estarem sempre em contato com a população, de serem a linha de frente e porta-voz para esse e outros assuntos. "Tendo conhecimento do conteúdo da Lei Maria da Penha, eles vão poder orientar melhor a população de cada município", contou Inês Brandão.

Inês Brandão ainda destaca que para realizar uma denúncia de violência doméstica, a mulher pode ligar para os números 180 ou 190.

Confira a entrevista completa realizada pelo Difusora Manhã:

Parte I

Parte II

Ações do documento